• Admin

Conquiste a mente, conquiste o mundo


Ao contrário do que sempre escutou, sua mente não é você. Sua identidade é muito mais permanente do que isso. Pense na freqüência com que sua mente muda (ou você “muda sua forma de pensar”). Mas sua identidade não muda. Você ainda é “você’, não importa o que sua mente pense, planeje, aconselhe ou argumente sobre isso.

Assim como seu corpo físico não é ‘voce”, a mente também não é. É como se fosse um veículo, pra ajudar na sua função aqui na terra. Deveria ser um servente, uma empregada, não o seu chefe!

Já observou sua mente? Pode ser uma experiencia muito educacional! O fato de “você” poder observar sua mente demonstra que ela não é você. A mente é algo separado de você, um “objeto” que você pode observar.

Dominar a mente é um dos objetivos do Yoga porque se você não controlar a mente, você não pode ir além dela para conseguir a libertação. Libertação (ou iluminação) é a experiência da sua própria infinidade, é esta alem da mente.

Isso não significa que você deve jogar fora sua mente, ou destruí-la, ou suprimi-la. Na verdade, você quer tornar sua mente mais clara, mais simples, e mais útil do que nunca.

Você pode usar a respiração pra controlar a mente, a mente SEMPRE segue a respiração e o corpo segue a mente. O domínio da mente começa com a respiração. Recomendo um exercício básico de respiração pra ajudar a clarear e limpar a mente.

‘A mente pode se tornar um demônio quando se torna seu mestre. A mente pode se tornar um anjo quando é sua servente.’ (Yogi Bhajan)

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo